Home Page
About | Sobre | Poems | Poemas | Writings | Escrita | ... Poets | Poetas | Artists | Artistas | Art | Arte | ... Links | Feedback | Stuff | ... Home Page

 

Design by ArtisDesign.com
 
Voltar/Back
 

Daniel Matos

é no próprio elemento
quarto
que tudo funde.............. rio dançante
e seu arbusto de fogo grosso.
com ele a serpente encantará a noite
o leite varado pela gravidade
de dois seixos e o peso triste na boca.
o rasgão que deflagra o mundo
em sua pequena treva o sorvo dos milhares
e milhares de sóis como primeiro jacto secular
da terra. seus ombros beijarei em múltiplo Ramo
da ave ........ dobrando o espelho incriado
em de onde se aproxima e dorme.
um pequeno ofício cantante como elemento natural
e livre........ou em tímpano de diamante
à carne espinhada
o seu escuro feixe de minúscula braçada
larvar da primavera as àscuas
ao outono nas pálpebras. a água
......que recua em seu espelho
......maciço
.........................de urdidura
.........................de esquecimento.

 

   
© Copyright 1999-2004 ana-b.com and artists.Design by ArtisDesign.com