Home Page
About | Sobre | Poems | Poemas | Writings | Escrita | ... Poets | Poetas | Artists | Artistas | Art | Arte | ... Links | Feedback | Stuff | ... Home Page

 

Design by ArtisDesign.com
 
Voltar/Back
aNa B

1

o salto aberto entrava pelas fissuras dos anos pousava nas cascas finíssimas das rochas embalançando-se nos pântanos molhados de extraordinária velocidade
uma comoção brusca de manga na marcha das hastes tardias

2

uma marcha unanime em sua placidez necessária. ao semear a narração
o canteiro trespassava-se na sua grandeza de muralha cravada
as cordas de quando os braços sequestrados
um fechamento côncavo de ogivas matinais que se afloram
e as inúmeras fachas arrastando-se piabaixo enrolando-se ao som

3

no esquecimento do crepúsculo embarcado
uma fachada rebocada no seu delírio tossido
por dentro havia a sua magnitude visceral e o seu âmbito de logro
o seu passeio de alperces por onde de novo a música desce descalça e parda desfolhando-se
alua-se em estalos a sua rigidez, no mel ao escorregar em sua flexível largueza
vasta, fónica a sua impulsão

4

o tempo e suas altas construções de metal abrangentes toda a anatomia do sonho
uma casca. casca
ta de papel imprimindo-se um ritmo de unhas ao pescoço desliza
dando-se.

era

 
© Copyright 1999-2004 ana-b.com and artists.Design by ArtisDesign.com